No final do ano de 2019 a Biblioteca Central adquiriu a solução tecnológica de identificação de recursos/itens de informação por radiofrequência (RFID). Trata-se de um grande passo de modernização e automatização de processos de trabalho na biblioteca. O sistema consiste em um método de identificação automática recursos/itens desinformação via de sinais de rádio, recuperando e armazenando dados remotamente, por meio de dispositivos chamados de tags RFID. A aquisição desta solução tem como finalidade promover a modernização de atendimento ao/à usuário/a, a segurança do acervo e a automação dos serviços relacionados. Além da identificação de recursos de informação em todo o processo de gestão de acervo, a tecnologia adquirida oferece maior segurança contra furtos, localização de materiais perdidos ou escondidos no ambiente da biblioteca, realização ágil de inventário, atendimento de empréstimo e devolução automatizados e com maior rapidez, autodevolução de livros 24 horas, autoatendimento com altura ajustável acessível. As bibliotecas setoriais da FCE, FUP, FGA e FAU, que compõem o Sistema de Bibliotecas da UnB (SiB-UnB) também receberão a tecnologia.

A partir de 16/03/2020, a BCE implementará um novo sistema de identificação do acervo, trazendo mais comodidade, agilidade e autonomia no atendimento!

Nesse período, alguns acervos serão fechados para implementação do novo sistema. Confira a seguir mais informações e os benefícios desse novo sistema.

Dúvidas sobre a implementação do RFID?

Acesse o nosso FAQ!