Imagem com fundo branco. À esquerda, no canto superior, três faixas nas cores azul escura, verde escudo e bege. À direita o texto: "Niketche: uma história de poligamia, de Paulina Chiziane, 25/11/2021, 15h, reunião virtual, transmissão ao vivo no Youtube da BCE/UnB".
Participe da reunião virtual do Clube de Leitura da BCE/UnB! 💻📚
* TEMPORADA 2021 *

📌 Tema: Ganhadores/as do Prêmio Camões de Literatura
📚 Livro da rodada: Niketche: uma história de poligamia, de Paulina Chiziane
🗓️ 25/11/2021, quinta-feira
🕞 15h

Reunião virtual:
👉🏽 Para participar, preencha o formulário: https://forms.gle/cMRo5bcUd6eS6smo7
👉🏽 Transmissão ao vivo pelo Youtube da BCE/UnB: https://youtu.be/AY95sdluMl8


“Um dos romances moçambicanos mais renomados do século XX.
Da vencedora do Prêmio Camões 2021, Paulina Chiziane

Rami é uma esposa fiel e subserviente. Ela faz o que manda a tradição, mas nem assim consegue ser amada por Tony, com quem é casada há vinte anos. Certo dia, Rami descobre que o marido tem várias amantes — e filhos — por todo o Moçambique, e decide conhecê-las uma a uma. “Eu, Rami, sou a primeira-dama, a rainha mãe. […] O nosso lar é um polígono de seis pontos. É polígamo. Um hexágono amoroso”, diz. A partir desse encontro surpreendente, todas terão suas vidas completamente transformadas.

De origem humilde, Paulina Chiziane foi a primeira mulher moçambicana a publicar um romance — apesar de não se considerar romancista, mas uma contadora de histórias. Em Niketche, ela mistura bom humor, consciência social e lirismo para traçar um vigoroso painel da condição feminina e da sociedade de seu país.”

Fonte: Companhia das Letras